14.8.11

verão

peço aos céus
que sejas sempre carinho
que não me sejas
nunca amor,
peço que tu não me desejes
pois a minha alma
tem vindo te desejar 
com calma
todas as manhãs.
e se por acaso
a gente se encontrar
no meio desse desejo
vai te embora rapaz!
não me olha desse jeito.
não me abraça, por favor?!
pois no meu coração
tu és mais um passageiro
que vai embora
na próxima estação.

1 comentários:

Savanna de Albuquerque Freire disse...

muito boooom!

Postar um comentário